Os bebês são muito delicados e frágeis, por isso, todos os cuidados são necessários, inclusive, na hora de visitá-los. A chegada de uma criança é sempre motivo de comemoração e, nesse momento, tias, avós, avôs, primas e amigas, estão sempre dispostas a aparecer. É excelente ter pessoas que amamos ao nosso redor, entretanto, não podemos nos esquecer de ter cautela. Para você que vai conhecer um recém-nascido,  a gente oferece 5 dicas que podem te ajudar nesse momento:

Ligue marcando uma visita

Os pais provavelmente devem estar se adaptando a nova rotina, assim como o recém-nascido. Aparecer de surpresa pode não ser uma visita muito agradável, pois pode bagunçar o cotidiano da família, portanto, é importante ligar para que os donos da casa possam se organizar.

Lave as mãos

Se a mãe autorizar pegar a criança no colo, tenha alguns cudidados, entre eles, o de não se esquecer de lavar as mãos.  Quanto mais limpas, menor o risco de transmitir qualquer bactéria para o bebê, que ainda está criando resistência.

Desmarque a visita se estiver doente

Mesmo que seja um simples resfriado, a criança pode ficar doente, já que o sistema imunológico dela está em desenvolvimento. Portanto, apenas visite o pequeno se você estiver com a saúde em dias para o encontro.

Não fale alto

Se o recém-nascido estiver dormindo, você pode acordá-la, além de assustá-la, o que pode gerar uma situação desagradável para todos. Portanto, evite gritar ou elevar o tom de voz.

Não demore muito tempo

Por mais que o bebê seja adorável e a família queira ficar perto dele a maior parte do tempo, as visitas não precisam se prolongar, inclusive, nos primeiros dias. A criança pode ter dito cólica e os pais precisam de espaço, apesar de ser extremamente importante as demonstrações de carinho e afeto durante as visitas.

—> Leia mais artigos sobre o universo infantil em nosso blog

—> Artigos e produtos infantis

Escrito por: Maria Luísa Bergamasco

Jornalista. Acredita que através da informação e do conhecimento, famílias podem trocar experiências e expandir suas ideias. Adora ouvir histórias, comer petiscos e sentar em botecos.

Seja o primeiro a comentar esse post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar