As roupas mais famosas do Homem-Aranha O Homem-Aranha (Spiderman) é um dos personagens da Marvel com maior número de uniformes já desenhados. Sem dúvidas, também é o mais icônico e amado da editora. Tudo por causa de suas cores chamativas, com elementos brilhantes e geniais. Assim como um leque de artistas criativos que souberem utilizar seus traços, unindo cores e poderes que Peter exercitava em suas lutas. Outros traços do personagem, são as características animais unidas ao senso de humor. Indispensável em seus roteiros em cada história desenvolvida. Os uniformes do aracnídeo nem sempre foram convencionais. Às vezes eram desenvolvidos, muito mais por motivos comerciais e para chamar atenção do público. Uniforme improvisado Na sua primeira aparição em público, Peter Parker encarrou um lutador, e cobriu o rosto com uma meia. A vitória lhe rendeu alguns dólares, que usou para confeccionar um novo uniforme e uma entrevista para TV. Aparição: Amazing Fantasy 15 Uniforme clássico Esse é o mais conhecido de todos os uniformes já usados por ele. Criado por Steve Ditko o uniforme possui características que o fazem ser único. Por exemplo, cobre o corpo inteiro, inclusive os olhos. Poucos super-heróis conseguiram se manter tão anônimos como Peter Parker. Isso porque nenhuma parte dele era exposta, impedindo assim, que as pessoas identificassem se era homem ou mulher, branco ou negro, jovem ou velho. Isso fazia com que qualquer personagem pudesse pegar sua identidade. Outro exempl...
A primeira heroína mulher Uma das principais integrantes da Liga da Justiça, Mulher Maravilha, foi a primeira super-heroína criada pela DC Comics. Essa personagem tornou-se ícone feminino da cultura pop, e não apenas isso, a ONU reconheceu sua importância no movimento feminista e a tornou Embaixadora Honoraria da organização. Com o acontecimento, podemos ver a importância que os quadrinhos carregam. Diana de Themyscira, como também é conhecida, foi mandada para um mundo cheio de homens, com o intuito de trazer a paz. Criada por Charles Moulton e H. G. Peter, sua aventura começou na revista All Star Comics #8 de dezembro de 1941. Ainda que com histórias tímidas no ínicio, ela foi conseguindo seu espaço, até que em maio de 1942 ganhou uma revista própria, intitulada Wonder Woman #1. As lições de Mulher Maravilha Em uma sociedade em que só os homens tinham a vez,  ela mostrou para que veio, principalmente, ao se tornar parte da Trindade DC Comics junto com Batman e Superman. Seu uniforme possui estrelas, e carrega as cores da bandeira americana. Mostrando um ideal do patriotismo, a personagem torna-se um símbolo da liberdade. Tendo esse objetivo escondido nos seus quadrinhos, pouco a pouco, Diana foi se infiltrando nos lares americanos. Seus ensinamentos eram sobre a importância da mulher, e o quanto os pensamentos machistas e masculinos eram prejudiciais para formação de uma nova sociedade liberal. Uma personagem com tanta complexidade moral só poderia ter saído da cabeça de...
Toy Story – um grande sucesso Como seria se os brinquedos ganhassem vida quando ninguém está olhando? Foi nisso que os produtores da Pixar pensaram, e foi uma ideia que deu certo. Sendo o pioneiro em filmes de animação totalmente produzidos em computação gráfica, o orçamento de Toy Story foi baixo. Com um produtora pequena na época, o filme sofreu críticas muito favoráveis e foi um sucesso estrondoso. Sendo o filme de maior bilheteria de 1995, ano de seu lançamento,  o sucesso não parou por aí. Está sendo previsto para 2019 o quarto filme da franquia. Entretanto, desde já vamos conhecendo um pouco mais sobre os personagens e suas aventuras: Toy Story 1 No quarto de um menino chamado Andy, os brinquedos ganham vida quando ninguém está olhando. A história é contada pelo ponto de vista dos personagens, entre eles: Woody, um cowboy feito de pano; Slinky, um cão mola; o Hamm, um porquinho cofre; Sr. Cabeça de Batata, um clássico brinquedo da marca Hasbro; Rex, o tiranossauro;  Betty, a pastora de ovelhas e também namorada de Woody. Com medo de serem substituídos, os brinquedos se sentem ameaçados com o aniversário de Andy chegando, e se unem para descobrir se tem alguma chance de serem abandonado. Aparece então, um presente surpresa. O brinquedo Buzz Lightyear, a figura de ação de um patrulheiro espacial, ganha a cena. Por consequência, logo que ele chega já desperta ciúmes em Woody. Ganhando a popularidade entre os outros brinquedos, ele se torna aquele com quem Andy ma...
Os primeiros vilões do Homem-Aranha: Parte 1 Não há heróis sem vilões, e uma prova disso, é o Homem-Aranha. Esse personagem evoluiu de um garoto, até o homem que salva a todos em Nova York. E foram os vilões que o ajudaram a aprender seu lugar por direito como herói. Confira sobre alguns deles: Camaleão Mestre dos disfarces, como é conhecido, o Camaleão usa várias identidades e tem como profissão a espionagem. Originalmente, ele apenas usava maquiagem e figurinos elaborados, sem adição de poderes sobre-humanos. Mas com passar dos anos e com conhecimento tecnológico surgindo, isso mudou. O Camaleão conseguiu moldar um microcomputador na fivela de seu cinto, programando assim, as características faciais de quem quisesse. O computador ainda o ajuda a analisar a aparência de outras pessoas, duplicando sua fisionomia para que ele possa usar. Esse personagem desenvolveu um ódio mortal pelo aracnídeo, pois sofreu diversas derrotas. Além disso, foi o primeiro de muitos vilões a aparecer nas revistas  do Homem-Aranha. Primeira Aparição: Amazing Spiderman #1 Abutre Intelectualmente brilhante, o Abutre tem um surpreendente conhecimento em áreas como eletrônica e engenharia mecânica.  Sendo um personagem capaz de inventar as mais diversas coisas, como por exemplo, a roupa de tecido elástico. Esse traje é adaptado com asas que lhe permitem voar de forma silenciosa e natural. Também conta com uma armadura, que aumenta sua resistência e vitalidade, já que ele é um homem velho. Adrian T...
Um dos personagens mais conhecidos dos quadrinhos, não faz o Homem-Aranha apenas um adolescente escalador de paredes chato. Ele é, sem dúvidas, o mais adorado entre todos os personagens desenvolvidos pela Marvel Comics. Criado em 1962, teve sua primeira aparição na revista Amazing Fantasy #15. Tornou-se desde cedo, um dos personagens mais viáveis comercialmente, sendo seu criador Stan Lee com a ajuda dos desenhistas Steve Ditko e Jack Kirby. Kirby contribuiu muito com a criação inicial do aracnídeo, e é impossível não o mencionar em qualquer texto sobre o Homem-Aranha. Entretanto, foi Ditko que o consagrou como seu primeiro desenhista e ainda participou como co-roteirista em algumas revistas. O início O Homem-Aranha foi inspirado no personagem The Spider, que era lançado nas revistas pulp na década de 30. Logo no começo, ele já se tornou um sucesso entre os adolescentes. Isso porque Peter Parker é um personagem que não se enquadra em nenhum estereótipo criado para super-heróis da época. Sendo um adolescente tímido, rejeitado, e sem músculos para expressar sua identidade heroica, logo cedo Peter aprendeu que “com grandes poderes surgem grandes responsabilidades”, frase sempre citada pelo personagem atribuído ao tio Ben. Na época, o dono da Marvel, Martin Goodman, não queria lançar um personagem com denominação a um inseto. Isso porque ele achava que todos iriam odiar,  mas Stan Lee soube muito bem como driblar seu pessimismo. Nesse sentido, criou-se assim, um pe...
Fechar