Origem do Pantera Negra Conhecido como o primeiro super-herói negro do mundo, o Pantera Negra tem um legado como ícone cultural. Ele alavancou muitos personagens negros depois de sua aparição, como: Falcão, Luke Cage e John Stewart, que conquistaram seus próprios legados em histórias muito populares na atualidade. Antes do Pantera Negra, os personagens negros nos quadrinhos pareciam resignados a ficar em segundo planos, jamais figurando como protagonistas. Isso é claro, com exceção de Waku, o Príncipe de Bantu. Sendo um excepcional guerreiro, ele foi criado em 1954 na falecida Atlas Comics com o pistoleiro Lobo, um habilidoso atirador que enfrentava bandidos no velho-Oeste. Ambos não tinham superpoderes, apenas uma forte convicção dos seus ideais heroicos. Basicamente, o Pantera Negra é um “Capitão América negro”, e assim como Steve Rogers, ele é a personificação dos ideais de um povo. Os Wakandanos vivem acreditando em sua força. Desse modo, o Pantera surgiu com a concretização do potencial dessa pátria que nunca foi conquistada. E essa independência do povo de Wakanda, somada a sua alta tecnologia, deve ser irritante para os países conquistadores do novo mundo. Wakanda foi criada no meio da África, um paraíso tecnológico e ecológico, que comparado ao resto do mundo, parece primitiva. Sendo um lugar que não pode ser comprado, já que ninguém nunca os colonizou, muito menos os compraram por algumas somas de dinheiro, é liderado pelo Pantera Negra – um guerreiro que é ...
Fechar